sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Stonehenge


09/04/2008 - 22h10
Escavação revela pistas sobre origem de Stonehenge
da BBC Brasil

Arqueólogos que participam das escavações em Stonehenge, o monumento pré-histórico mais importante do Reino Unido, afirmam que fizeram uma descoberta que poderá ajudar a finalmente descobrir o que causou a construção do monumento.

A equipe descobriu encaixes que já serviram de suporte para pedras menores do que os monolitos, feitas de arenito cinzento e que já não existem mais no local, que formavam a estrutura original do complexo monolítico.



Os pesquisadores dizem acreditar que estas pedras menores podem revelar que Stonehenge foi um local de cura, porque as populações antigas acreditavam que o arenito cinzento tinha este poder.

A escavação, patrocinada pela BBC para um programa sobre arqueologia, é a primeira em mais de 40 anos realizada no monumento de mais de 4,5 mil anos

Stonehenge é um megálito formado por círculos concêntricos de pedras (algumas com 45 toneladas e 5 metros de altura), construído na planície de Salisbury, na Grã Bretanha.


Existe evidência arqueológica que nos permite afirmar que havia atividade humana no local há mais de 10 000 anos. Contudo, o megálito propriamente dito só foi iniciado c. 2 100 AC, tendo sido construído em três etapas, entre 2 100 AC e 1600 AC. Para ter uma idéia mais clara de seu plano arquitetônico.


Não se sabe quem construiu Stonehenge, sendo que a teoria popular de que teriam sido os druídas está hoje refutada, pois o monumento foi concluído 1 000 anos antes de os druídas tomarem o poder. Contudo, os arqueólogos notaram a quase total ausência de lixo no local e isso é indicador de que o local era solo sagrado.


Stonehenge (em Salisbury, sudoeste da Inglaterra) também é palco dos misteriosos Círculos Ingleses. (veja matéria sobre círculos estranhos)

3 comentários: