segunda-feira, 13 de abril de 2009

Nuvens noctilucentes (NLC)



Quando comecei a me interessar pelo fenômeno das nuvens noctiluscentes, nem imaginava do que se tratava, mas vendo algumas imagens das NLCs me apaixonei pela beleza dessas nuvens.
Infelizmente, não sou astrônoma, mas adoro contemplar o céu e viajar em seus mistérios.



Então comecei a procurar informações em sites confiáveis, para adiquirir mais conhecimento sobre as NLCs, e acabei por montar meu primeiro blog, que é este.
>http/simonejeepeira.blogspot.com e resolvi postar coisas que achei que seriam interessantes.
Numa das minhas recentes pesquisas sobre o fenômeno das NLCs, copiei um arquivo do site da USP Universidade federal de São Paulo, e coloquei em meu blog. O autor de uma das fotos, Dr. Mário Freitas, professor na Universidade de Curitiba, teve a delicadeza de me oferecer a foto original com seus próprios comentários e descrição da mesma.



Fiquei muito lisonjeada, e estou postando abaixo, todos os dados que me foram fornecidos, e a foto numa resolução melhor, bem como o site do professor Mário Freitas e também de seu amigo Patrick Trncak, para quem, assim como eu, estiver mais interessado no assunto.

Agradeço pelas informações, imagens e pela colaboração do Dr. Mário Freitas e de seu amigo Patrick Trncak.

NLCs por Dr. Mario Freitas

Nuvens filamentadas excepcionalmente altas na atmosfera (80 km) espalham a luz solar em tons azul-prateado (enquanto os cirrus comuns e mais baixos ainda estão escuros). Em plena luz do dia, desaparecem. As melhores condições de visualização ocorrem no verão, em latitudes de média para alta.




Holeshov, Moravia, 22 de julho
4h07m, Altura do Sol: -9 graus

Foto tomada 1h antes do nascer do Sol. A brilhante estrela Capella está visível na borda superior, à meia direita. Agradecimento ao observador do céu Patrik Trncak por me acordar para apreciar um fenômeno tão raro e espetacular. Camera Canon A710, tempo de exposição 0.6s com valor de abertura 2.8 e ISO 800.

http://www.pessoal.utfpr.edu.br/msergio/astro_1_atmopt_scatt_partic.htm
http://patrik-gallery.wz.cz/strana_ostjevy.html

*** As fotos postadas nesta matéria são de Mário Freitas e de Patrik Trncak ***




NLCs são vistos mais ao sul. Têm sido observado na Europa, no extremo sul da Áustria, Hungria, Itália e sul da Alemanha. Na os E.U. eles foram vistos em Utah e Colorado.
Elas são as mais altas nuvens da Terra, 50 milhas de altura e perto do imenso frio mesopausa. Nas noites de Verão em latitudes de 50 - 65 ° se revelam as mais altas nuvens brilhantes. NLCs.

Elas são incolor ou branco-azulado.Podem ser ricas em ondulações e em forma de estrias direcionadas para cima no céu, outras vezes elas se encontram perto do horizonte como um lado expressivo.

[MAIS INFORMAÇÃO SOBRE NLC NO SITE DE LES COWLEY]
http://www.atoptics.co.uk/highsky/nlc1.htm
***

Nenhum comentário:

Postar um comentário